Adestramento e Comportamento, Cães

Associação Positiva em cães

A Associação Positiva faz parte de uma das estratégias do treino positivo, e nada mais é do que tentar associar algo bom a uma situação que seu animal não goste muito, diminuindo assim o seu desconforto.

Já parou para pensar que fazemos nossos cães passarem por muitas situações que causam medo ou desconforto? Banho por exemplo não é algo natural na vida dos cães, isso é coisa dos humanos. Por isso a grande maioria não gosta de tomar banho. E cortar unha, limpar as orelhas, barulho de fogos, campainha são tantas as situações que podem ser incomodas a eles.

Sabendo disso, porque não fazer algo positivo para tornar esses momentos o menos desagradáveis possível? Que tal um treino com um brinquedo recheável enquanto escuta os barulhos de fogos bem baixinho? Você pode fazer esse treino e ir elevando o volume aos poucos sempre respeitando o nível de tolerância aos ruídos.

 

 

E a hora do banho? Porque não colocar um tapete de lamber preso ao box enquanto ensaboa ele? Garanto que será bem menos traumático e ele não irá mais fugir.

 

 

Para dar remédios e passar sprays então, é só ver o frasco e já saem correndo né? Também podemos mudar isso. Que tal colocar o comprimido dentro de um petisco macio? Ou dar algo gostoso enquanto aplica o spray? Nada de usar a força, pois assim só associamos que toda vez que você vier com um comprimido algo ruim acontece.

 

 

Claro que para aqueles que já tem a fobia instalada, o treino precisa ser mais minucioso e vai requerer a ajuda de um profissional que trabalhe com a metodologia positiva. Para aqueles que tem um medo leve, verá que será bem tranquilo já na primeira tentativa.

Jamais use punições, isso só faz mascarar o problema e não trabalha o sentimento por trás da questão. Na metodologia positiva trabalhamos as emoções do cão fazendo com que ele consiga lidar melhor com a situação.

 

Gostou? Então vamos aos treinos! Se quiser mais dicas, pode nos seguir no Instagram do @mundobull

Até a próxima.

Adestramento e Comportamento, Cães, Saúde e Bem Estar

Enriquecimento Ambiental

Enriquecimento Ambiental

Mas afinal, o que é esse Enriquecimento Ambiental ou E.A. que todo mundo fala?

E.A. nada mais é que conhecer os instintos e hábitos naturais da espécie em questão e proporcioná-la situações similares em ambiente de cativeiro, ou seja, proporciona-la expressar-se de acordo com sua espécie e não como achamos que deve ser.

Farejar é um dos comportamentos naturais dos cães.

Vou explicar melhor, se temos um cão, devemos saber como eles agem na natureza e tentar proporciona-los algo parecido dentro de nossas casas. Imagine só um cão na natureza que precisa caçar seu próprio alimento e quando chega na sua casa você oferece de “bandeja”umas bolinhas numa vasilha? Adivinhem o que irá acontecer? Sim, o que acontece com a maioria de nossos cães, devoram tudo em 30 segundos e não há mais nada o que fazer. Resultado? Energia de sobra para fazer o que? Na esmagadora maioria das vezes destruir alguma coisa na sua casa. Sim, porque roer também é comportamento natural dos cães.

É ai que entra o E.A, que nada mais é do que proporcionar atividades monitoradas para que expressem seus comportamentos naturais e gastem energia física e mental, proporcionando bem estar e prevenindo problemas comportamentais esteriotipados desenvolvidos pela ansiedade e estresse.

Continue lendo “Enriquecimento Ambiental”

Cães, Adestramento e Comportamento

Peitorais para Cachorros – Qual escolher?

Escolher o melhor Peitoral para seu Cachorro nem sempre é uma tarefa muito fácil. Alguns cães ficam muito eufóricos e puxam demais, outros são inseguros e empacam, alguns são velhinhos e precisam de um suporte mais adequado…

Selecionamos 3 modelos de peitorais da K9 Spirit para deixar os passeios mais fáceis, leves e práticos. Entenda as diferenças de cada um e veja qual a melhor opção para seu cão:

760ca33e-92dd-44b0-b983-bd88b4c9648cPeitoral Tático para Cães

Continue lendo “Peitorais para Cachorros – Qual escolher?”

Adestramento e Comportamento, Cães

Diferença entre a Coleira Cabresto e o Peitoral de Treinamento

Você sabe qual a diferença entre a Coleira Cabresto e Peitoral de Treinamento?

Se você tem um cão que puxa muito durante o passeio já deve ter ouvido falar nesses dois nomes.

Mas você sabe qual a melhor escolha para passear com o seu melhor amigo?

COLEIRA CABRESTO

Coleira Cabresto

Continue lendo “Diferença entre a Coleira Cabresto e o Peitoral de Treinamento”

Cães, Adestramento e Comportamento

RESULTADO CONCURSO 3 ANOS DA ZEN

O Mês de Agosto foi aniversário de 3 Anos da Zen.

A gente perguntou e vocês responderam:

“Por que meu filho cão merece ficar cheiroso e educado?”

Agora é hora de contar pra vocês o resultado!

 

Conta logo Pleaaaaase

 

Parabéns BOSS

Quem me vê como um Lord, um cachorro Zen, mal sabe que as vezes eu apronto um pouquinho ?, principalmente quando é hora de tomar banho e tento fugir (Banho? O que é isso?). Por isso, umas aulinhas comportamentais seriam ótimas pra eu entender o que a mamãe quer dizer quando ela liga o chuveiro e me chama pra ir lá ? e de quebra, ficar cheirosinho não é nada mal, eim? ?

 

Parabéns BUDDY

Charme e elegância já tenho. Só me resta provar que não sou um terrorista ? como dizem – capacidade canina de aprendizado em #modeon?! Obs: Não sei porque querem que eu fique ainda mais cheiroso do que sou ???. Intriga da oposição??

 

Parabéns CHOPP

Oi sou o chopp ferreira, eu mereço ficar cheiroso e educado para poder passear mais na rua sem parecer que vou ter um ataque do miocárdio ao ver minha guia na mão do papai e da mamãe e tambem para conseguir me controlar na rua…sem achar que o mundo vai acabar!

 

Parabéns FILÓ

A Filó precisa deixar pra trás os maus tratos e desprezo pelos quais passou e ser protagonista de uma nova historia de vida bem mais feliz, cheia de cores e perfumes agradáveis alem de receber todo cuidado, zelo, educação e “cãolidade” de vida que nossos melhores amigos merecem!

Parabéns OTTO

Minha mãe acha que eu tenho que ser cheiroso e bem educado para ela poder ter mais paz nessa vida.
Já eu acho que tenho que continuar bagunceiro e sujinho para sempre tê-la reclamando comigo… ??

 

Parabéns pessoal!

Queremos saber tudinho depois que o Curso de Adestramento finalizar, queremos ver esses fofinhos cheirosos e educadinhos.

Para receber os prêmios pedimos que nos envie um e-mail para contato@zenanimal.com.br com o assunto: “Concurso 3 Anos da Zen” . Informe o seu e-mail de cadastro em nosso site (o e-mail que usou para comprar conosco) e em breve iremos passar o passo a passo para o curso e também o envio do Kit da Propovets!

 

OBRIGADO DE TODO CORAÇÃO A TODOS OS PARTICIPANTES DO CONCURSO!

Em breve faremos novos 🙂

Um Super Abraço!

Adestramento e Comportamento, Cães

Seu cão te leva para passear?

Passeio é bom e todo mundo gosta!

Bem, quase todo mundo.

Quem tem um cachorro que puxa a guia, às vezes nem tem vontade de sair com ele.

Alguns puxam loucamente durante o passeio inteiro, se engasgam, machucam as unhas. Outros carregam o dono para onde resolvem ir, avançam em outros cães, latem sem parar. Os donos voltam para casa cansados, estressados, frustrados por não conseguirem um passeio mais zen e gostoso.

Sair para passear traz inúmeros benefícios para os cães e para sua família. É uma forma divertida de fazer exercícios, gasta energia física e proporciona estímulos mentais.

Os cachorros se beneficiam de ver cães e pessoas diferentes, novos cheiros e barulhos, facilitando oportunidades de socialização.

A hora do passeio pode sim, ser mais prazerosa e tranquila para todos! Para isso, a escolha do equipamento a ser usado faz TODA a diferença, e é o primeiro passo para mudar o nível de controle e de conforto dos envolvidos.

Margot e Bene #chatiados que não podem mais puxar com o uso do Peitoral de Treinamento…rs

A maioria das pessoas costuma sair com seus cães usando guia + peitoral convencional, ou guia + coleira convencional. Algumas optam por guias curtas, e colares/enforcadores, para tentar conseguir mais controle. Parte dos cachorros se adapta a estes materiais, porém outros fazem do passeio um cabo de guerra cansativo, ou uma guerra mesmo.

Os peitorais comuns estimulam o animal a tracionar, e permitem que ele use sua força para tentar “carregar” você.

As coleiras normais também deixam que o cão apoie seu peso nelas, tornando mais trabalhoso inibir os puxões.

Colocar um enforcador no pescoço do seu cachorro nem sempre resolve, existe uma maneira correta de se utilizar colares para que eles sejam efetivos sem machucar seu bichinho. Na dúvida, procure utilizar ferramentas mais simples e seguras para ele.

A guia ideal deve ser macia, de preferência não pesada, com um mosquetão (presilha) seguro, de comprimento médio, as de 1,5m são as ideais, na minha opinião.

O uso de guias curtas passa ao animal a informação de que ele só conseguirá alguma liberdade de movimentos, se puxar. Uma guia média pode ser mantida dobrada facilmente enquanto você conduz o cão, reduzindo o alcance dele, e assim que houver oportunidade, você pode liberar mais espaço para que ele aproveite o passeio com a guia frouxa.

Cães que já possuem o hábito de tracionar, mas que são dóceis e não costumam latir durante as saídas, podem ter esta dificuldade solucionada com um Peitoral Anti Puxão.

Este tipo de peitoral, diferente dos tradicionais, é especialmente projetado para impedir que o peso do animal seja usado para arrastar o dono para a frente.

Exemplo da Coleira Cabresto, não é enforcador!

Para os casos mais complicados, em que além de puxar a guia, o cachorro apresenta outros comportamentos indesejáveis como avançar em outros cães ou pessoas, latir sem controle quando fora de casa, pular no condutor ou nas pessoas da rua, uma opção que geralmente traz ótimos resultados é a Coleira Cabresto.

Ela controla de forma não agressiva, a cabeça e o focinho do cão, tornando mais fácil que você tenha domínio mesmo sobre um animal forte ou bravo. Você pode limitar movimentos como puxões, tentativas de agressão ou latidos, usando muito menos força e sem enforcar ou machucar seu amigo.

São dicas que funcionam bem com a maioria dos cães, trazendo grandes melhoras!

Cada bichinho é único, e não existe uma receita pronta e infalível que vá torná-lo ainda mais perfeito do que ele já é. Mas seu cachorro sempre merece sua atenção e seu carinho.

Bons passeios!!