Cães

Doença do Carrapato

O carrapato é o causador de um problema muito maior que sua simples presença no animal, ele é um inimigo que carrega consigo vários problemas, dentre eles, a doença do carrapato.

Quando encontramos um carrapato no animal, devemos ficar atentos tanto no ambiente quanto no animal.
O carrapato percorre uma longa jornada e pode até escalar as paredes, por isso, ele pode estar vindo de uma casa vizinha e isso torna-se um problema ainda mais complicado e o cuidado deverá ser redobrado.

A fêmea do carrapato necessita de muito sangue para uma boa maturação dos seus ovos e ela é capaz de colocar cerca de 3.000 a 5.000 ovos e seu lugar preferido de é em um local alto e escondidinho, como batentes de portas e janelas.

Além do problema de infestação, das coceiras, alergias e dermatites, o carrapato pode causar um transtorno ainda maior, as famosas doenças do carrapato.

Tanto a erliquiose quanto a babesiose são transmitidas pela picada do carrapato.

Dependendo do agravamento dos sintomas e de cruzamentos de dados de um simples exame de sangue, é possível detectar as doenças do carrapato. Mas, existem casos do “falso-negativo”, quando o animal acaba mascarando o parasito e, neste caso, o animal pode ficar assintomático por até 3 anos!

Um dos exemplos é o exame de sangue chamado PCR, que pode apresentar o falso-negativo. Mas, existem clínicas especializadas que realizam exames mais específicos, que são as titulações.

A erliqiose é uma doença que diminui significativamente o número de plaquetas e eritrócitos e, geralmente, acarretando também em problemas renais.

A babesiose é uma doença que ataca os glóbulos vermelhos do sangue, podendo causar anemias e, dependendo da gravidade, o animal precisará de transfusão de sangue.

Mas, se estas doenças são tão graves e podem até levar à óbito, como prevenir?

Simples: com uma boa alimentação e manutenção do sistema imunológico, adição de alho cru na AN (recomendado apenas para cães), manter a casa sempre limpar com Multiuso Neem Pet, fazer uso de repelente Spray Neem Pet e coleira Erva de Santa Maria, consumir o Suplemento Neem Pet diariamente e homeopatia CarrapatoSigo.

 

Prevenir a picada e principalmente uma infestação é de suma importância, não exagere no cuidado!

Cães, Saúde e Bem Estar

Própolis é bom para cachorro?

Todos conhecem a própolis? Própolis é bom para cachorro?

Na colmeia, a própolis serve para vedar rachaduras ou aberturas, manter a temperatura interna e tem suas funções de proteção, que não deixam microrganismos nocivos entrarem no grande lar das abelhas!

Para sua produção, as abelhas usam as plantas como matéria-prima para tudo que produzem: seja o mel, o pólen ou própolis.

No caso da própolis verde, as abelhas usam um tipo de planta específica, chamada Baccharis dracunculifolia. Suas funções naturais evitam o crescimento de culturas de fungos e bactérias, por isso, é considerada um antisséptico natural e muito eficiente no combate a micro-organismos patógenos. Seu poder vai além da proteção e ajuda no tratamento de inflamações e cortes, sendo um excelente agente cicatrizante e reconstrutor da epiderme. Quando consumido (ingerido por humanos), pode funcionar como um protetor do fígado, aumentar sua resistência imunológica e é um excelente antioxidante.

Na farmácia, você encontra diversas apresentações de produtos à base de própolis: aquosos e alcoólicos.

Os extratos diferem pelo meio de extração das propriedades medicinais do própolis. Sua coloração é escura e odor marcante. Apesar de ser líquido, o própolis adere facilmente à pele.

Por isso, para os pets, não faço uso de extratos puros.  A Propovets é uma marca de cosméticos pet que desenvolveu e aprimorou a formulação com o passar dos tempos para garantir mais qualidade e ações medicinais do própolis sem agredir o olfato dos pets.

Por seus poderes bactericidas e fungicidas, o própolis é um grande aliado para fazer assepsia. Seu poder regenerador e cicatrizante é fundamental para tratamento da pele. E foi estuando cada efeito que a Propovets desenvolveu um produto específico para cada necessidade do pet.

Cães

Leve o poder do Neem para casa

Em alguns post anteriores, já tivemos uma descrição o Neem.

Mas, em resumo, o que é Neem?

O Neem (ou nim) é uma árvore milenar da Índia que vem sendo cultivada cada vez mais no Brasil. É a principal espécie vegetal com ação fitossanitária, 100% natural, auxilia no controle de insetos indesejáveis, sem agredir a saúde humana, os animais e o meio ambiente. Os compostos naturais de neem são biodegradáveis, não deixam resíduos nem contaminam o ambiente

Composição do Óleo e do Extrato Vegetal de Neem

Das sementes da árvore de Neem é extraído o Óleo de Neem e das suas folhas é feito o Extrato vegetal de Neem, que são as matérias primas usadas nos produtos a base de neem, ricas em princípios ativos que proporcionam os diversos benefícios aos produtos.

As folhas possuem muitos componentes, incluindo proteínas, hidratos de carbono, minerais, cálcio, fósforo, vitamina C, caroteno e aminoácidos, como o ácido glutâmico, tirosina, alanina, ácido aspártico, glutamina, cistina e ácidos graxos.

As sementes possuem elevado teor de lipídios e muitos princípios amargos em quantidades consideráveis. O principal elemento das sementes de neem é a azadiractina, que é um princípio ativo que mostrou, em estudos, eficácia no combate a mais de 200 espécies de insetos.

O Neem apresenta ação antifúngica, antibacteriana, antiviral, antisséptica e anti-inflamatória, devido a estas atividades que é usado como ingrediente nas indústrias farmacêuticas, cosméticas e de higiene.

Produtos à base de Neem da Preserva Mundi são produtos eco-friendly pois contém ingredientes naturais que oferecem uma ação 100% natural, seguros e eficazes.

Leve para casa o poder do Neem

Mantenha o ambiente do seu animal limpo e saudável

Multiuso Neem Pet da Preserva Mundi é um produto 100% natural, não tóxico e que assegura uma limpeza diária protegendo contra germes que causam doenças. A composição do produto é ideal para manter o local limpo e fresco por mais tempo, eliminando os odores indesejáveis, deixando o local higienizado para a família e os animais.

Sua formulação rica em extrato alcoólico de Neem tanto de folhas quanto de galhos, garante um enorme poder antisséptico de apresenta a ação ovicida e larvicida, que impede a infestação de pulgas e carrapatos no ambiente.

É uma limpeza segura e eficaz contra mosquitos, pulgas, carrapatos, sarna e germes em geral.

Por ser natural, não afeta o olfato dos pets nem agride a sensível pele das patas dos animais.

O Suplemento Neem Pet é um equilíbrio de composição entre galhos e folhas para que, além de fornecer nutrientes, possa oferecer 4 ações coadjuvantes do Neem. O poder bactericida cuida da saúde bucal no animal podendo conferir a eliminação do mal odor após o uso consecutivo. O Neem tem ação contra alguns tipos de vermes e, não tratando-se de infestações, estes serão eliminados. O mesmo poder de eliminar os vermes, faz com que as propriedade do Neem atuem como um pseudo hormônio de pulgas e carrapatos que rapidamente desprendem-se do animal e sofrem mutações que os levam à morte. Como último e não menos importante, a presença do Neem nas fezes faz com que ovos de moscas não eclodam, se colocados nas fezes dos animais consumidores de Suplemento Neem Pet.

O Spray Neem Pet é um spray de hidratação protetora pois sua fórmula é rica em extrato das folhas de Neem, óleo de Neem e óleos essenciais repelentes. Para a segurança dos pets, os óleos essenciais não ultrapassam 0,2% da formulação. O Spray Nem Pet hidrata a pele e os pelos e ainda protege contra pulgas, carrapatos e mosquitos.

Para combater pulgas, carrapatos e sarnas, e proporcionar brilho e suavidade ao pelo use o Shampoo Neem Pet Preserva Mundi. Sua formulação enriquecida com óleo de coco e óleo de neem tem rápida ação da azadiractina contra pulgas e carrapatos adultos, resultando em uma ação mais rápida para a eliminação das pragas.

O Sabonete Neem Pet foi especialmente formulado pensando no poder bactericida e fungicida do Neem. Em uma base glicerinada vegetal enriquecida com óleos essenciais com poder antisséptico, o Sabonete Neem Pet garante uma perfeita limpeza profunda da pele, aliviando coceiras e tratando algumas enfermidades da pele. O coco presente na formulação ajuda a manter a pele hidratada.

Proteger a pele de bactérias, inflamação, hidratar e proteger a pele de ressecamento e descamação, use a Loção de Neem Pet da Preserva Mundi após cada passeio. O extrato de neem presente na loção passa por um diferente processo de extratação dos poderes antissépticos do Neem contra micro-organismos nocivos aos pets e aos humanos. Sua base alcoólica conta com o equilíbrio dos óleos para limpar sem causar ressecamento nos coxins plantares dos pets. O sabor intensamente amargo natural do Neem não incentiva o pet a lamber-se após a plicação do produto.

Os produtos da Preserva Mundi promovem segurança para seu animal, sua família e para o meio ambiente.

Cães

Neem faz mal para abelhas?

Se o Neem tem efeito sobre os insetos, como é o efeito sobre as abelhas?

O Neem foi introduzido no Brasil com o objetivo principal de sombra, já que permanece verde por todo o ano, mas após o acompanhamento de crescimento, ele foi introduzido em larga escala em propriedades rurais visando a produção de madeira, pois tem crescimento rápido e produz madeira de excelente qualidade.  Mas, o principal motivo de implantação no Neem no Brasil foi o objetivo de estudar os seus princípios tóxicos que lhes dão o caráter fungicida, acaricida, inseticida como uma forma alternativa e natural de manter o “maior celeiro do mundo” e diminuir o consumo de agrotóxicos, já que  Brasil é o maior consumidor no mundo!

Em média, o Brasileiro consome 7 litros de veneno por ano. A Organização Mundial da Saúde (OMS) estima em 20 mil mortes ao ano devido à manipulação e consumo direto de defensivos agrícolas. Então, a melhor alternativa seria o consumo de produtos orgânicos. Mas, como controlar as pragas agrícolas e florestais e produzir alimentos de forma orgânica?

Em primeiro lugar, evitara a monocultura e fazer o Manejo Integrado de Pragas (MIP). Em segundo lugar, buscar produtos naturais para poder eliminar as pragas sem afetar a saúde do mamíferos.

Os produtos à base de neem são conhecidos pela sua eficiência e baixa toxicidade ao homem e ao meio ambiente. Várias formulações foram testadas e não apresentaram efeitos tóxicos em mamíferos (GOVINDACHARI et al., 2000; SCHMUTTERER, 1990).

Entretanto, já comentamos anteriormente sobre a ação do Neem nos insetos. Então, surgem algumas dúvidas:

  1. O Neem prejudica nossa mata nativa?
  2. O Neem afeta os insetos polinizadores?
  3. O Neem faz mal para as abelhas?

 

  1. Para a introdução de qualquer especie exótica, ou seja, não natural do Brasil, é preciso de muito estudo e autorização do IBAMA. Os plantios comerciais são acompanhados por Engenheiros Florestais para que exista a harmonia entre a natureza e a produção comercial das florestas plantadas. Se assim for feito, não há interferência pois todas as condições são programadas e acompanhadas diariamente. Mas, se o plantio for completamente desorientado e desenfreado, como aconteceu no Nordeste, o Neem ou qualquer outra especie exótica torna-se um problema à regeneração da floresta nativa!
  2. As flores de Neem (diferente do óleo de neem) exalam um odor suave e doce para atrair polinizadores. Toda planta apresenta flores e a maioria das flores é bissexuada, apresentando antera (parte masculina) e estigma (parte feminina) em uma única flor. Com isso, a flor conta com a ajuda da natureza, através dos polinizadores e até do vento para que a parte feminina possa ser fecundada e gerar o fruto. As flores de Neem não afetam os insetos polinizadores pois a própria planta precisa da ajudinha delas.
  3. O NEEM NÃO FAZ MAL ÀS ABELHAS. Lembrando apenas que, as abelhas listradas (amarela e preto) são abelhas exóticas e forma introduzidas no Brasil para a apicultura e são chamadas de Appis mellifera. As abelhas nativas buscam alimentam nativos como preferência, por isso, da importância do cuidado de nossa floresta! Trabalhos mostraram que o neem pode ser usado também em benefício da apicultura. Vários estudos buscam alternativas para o combate a pragas das abelhas melíferas como a traça-da-cera (Galleria mellonella), ácaros e doenças das crias. Os ácaros-de-traqueia (Acarapis woodii) que parasitam A. mellifera
    também foram controlados através do Neem.

Em um estudo da EMBRAPA, o Neem, apesar da confirmação de suas propriedades inseticidas, mostrou-se  uma planta benéfica para a apicultura, pois promoveu um aumento na postura da rainha de tal forma que gerou
um saldo positivo na quantidade de crias das colônias. Nas condições do Bioma Caatinga, local onde houve plantio descontrolado de Neem, existe a ressalva da necessidade de cuidado e manejo florestal pois o Neem pode não afetar as abelhas mas sim o bioma nativo que precisa de muito cuidado para poder regenerar-se.

Referências
AKCA, I.; TUNCER, C.; GÜLER, A.; SARUHAN, I. Residual toxicity of 8 different insectides on honey bee (Apis mellifera Hymenoptera: Apidae). Journal of Animal and Veterinary Advances, v. 8. n. 3. p. 436–440, 2009. Disponível em :<http://medwelljournals.com/fulltext/ java/ 2009/436-440.pdf>. Acesso em: 4 jan. 2010.
ALVES, J. E. Toxicidade do nim (Azadirachta indica A. Juss.: Meliaceae) para Apis mellifera e sua importância apícola na Caatinga e mata litorânea cearense. 2010. 138f . Tese (Doutorado em Zootecnia) – Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, CABONI, P.; CABRAS, M.; ANGIONI, A.; RUSSO, M.; CABRAS, P. Persistence of azadirachtion residues on olives after treatment. Journal of Agricultural and Food Chemistry, Davis, v. 50, n. 12, p. 3.491-3.494, 2002.

 

Efeito do Nim (Azadirachta indica) para as Abelhas Africanizadas (Apis mellifera) – EMBRAPA, 2010.

Cães com Leishimaniose
Cães

A qualidade de vida em animais positivos pra leishmaniose

 

Se você tem um cachorro em sua casa provavelmente já ouviu falar e (obviamente) temeu a leishmaniose. O motivo desse medo é totalmente justificável, uma vez que, além de estarmos num país em que a maioria das regiões é endêmica para esse problema, também há certo “fantasma” dessa doença: o tratamento incerto.

 

Quantas vezes, na clínica, veterinários já se depararam com cenas tristes de tutores que, aos prantos, recebiam a notícia de uma “simples” SUSPEITA de leishmaniose que seu animalzinho possuía? Muito disso se deve à cultura (não tão distante) da eutanásia de animais positivos pra essa enfermidade.

 

O que muitas pessoas não sabem é que hoje em dia há tratamento para cães infectados com a Leishmania. E não só isso: há opções terapêuticas complementares a esse tratamento. Opções que não só ajudam na qualidade de vida do animal como também diminuem os efeitos colaterais da terapêutica oficial.

 

Já não é novidade que a homeopatia traz qualidade de vida para qualquer pet e nesse caso não é diferente. A SigoPet traz um protocolo complementar ao tratamento da leishmaniose, ajudando o animal não só em seu apetite, sono e disposição.

As complicações dessa enfermidade podem ser tratadas com alguns medicamentos da linha:

InfectoSigo: Diminuí os efeitos da infecção no animal, fazendo com que consiga (apesar da infecção) combatê-la e não sofrer tanto com os sintomas da doença.

 

HemoSigo: Além de melhorar a produção de células de defesa do organismo também baliza a produção de hemácias e plaquetas, normalizando os parâmetros bioquímicos necessários para um organismo mais saudável.

 

RimSigo: Atua naquelas formas da leishmaniose que acometem os rins, pois o tratamento leishmaniostático pode causar algum malefício a esse órgão também. O RimSigo vem com o intuito de manter esse órgão saudável, muitas vezes prolongando a vida de seu animalzinho.

 

FortSigo: Aumenta a imunidade do animal como um todo fazendo com que ele consiga se alimentar, dormir bem e esteja com disposição para manifestar o seu comportamento natural, apesar da doença.

 

SkinSigo: Quando a manifestação da doença for cutânea o SkinSigo ajuda a diminuir as lesões de pele de seu animal após promover uma eliminação (limpeza orgânica) homeopática através da pele.

 

Essas são algumas sugestões de como lidar com casos de Leishmaniose, mas obviamente a melhor medida a ser tomada ainda é a preventiva. O cuidado com reservatórios do vetor e uso de coleiras ou medicamentos ou repelentes naturais à base de neem que impeçam o contato do vetor com o animal ainda são as melhores opções. Mas caso seu animal seja infectado, não precisa mais desesperar! Existe vida após a Leishmaniose! E vida com qualidade!

Kit Primeiros Socorros para Cães e Gatos
Cães

Kit de Primeiros Socorros para Cães

Os Primeiros-Socorros são as primeiras assistências médicas prestadas até que a assistência profissional possa realizar o procedimento adequado.

 

Neste vídeo, vamos ensinar ao tutor a montar um Kit Completo de Primeiros Socorros para Cães e Gatos, até que o seu amiguinho possa ter o atendimento de um Médico Veterinário.

 

Ter um Kit de Primeiros Socorros em casa para o seu Cachorro ou Gato é super importante. Alguns acidentes que podem acontecer são muito beneficiados por prestação dos Primeiros Socorros. Mas, lembre-se: não deixe de buscar ajuda profissional se necessário!