Cães

Propriedades Medicinais do Neem

O Neem é amplamente conhecido como um bio inseticida mas, poucos conhecem as propriedade medicinais do Neem. 

Na Índia, esta planta é cultuada milenarmente, sendo considerada como a primeira planta medicinal mencionada  nesta medicina ancestral.

Na Índia e na África milhões de pessoas usam pequenos galhos de Neem como escovas de dente, todos os dias, para prevenir doenças periodônticas. Muitos estudos relatam que o benefício é dado pela prevenção na formação de novas placas bacterianas e pelas propriedades antissépticas do Neem.

O Neem possui uma grande concentração de terpenóides e que são compostos responsáveis pelas ações terapêuticas, com isso estudos veem sendo feitos com extratos das folhas de Neem para demonstrar essa ação hipoglicemiante. Testes já realizados provaram que os extratos de água das folhas de Neem reduziram significativamente o açúcar no sangue e impediram que a adrenalina produzisse hiperglicemia.

O Neem é uma árvore complexa e completa, apresentando diferenças químicas entre suas partes constituintes, onde cada parte tem uma propriedade  específica:

Folhas

Possuem muitos componentes, incluindo proteínas (7,1%), hidratos de carbono (22,9%), minerais, cálcio, fósforo, vitamina C, caroteno e aminoácidos, como o ácido glutâmico, tirosina, alanina, ácido aspártico, glutamina, cistina e também ácidos graxos.

Estudos já realizados mostrara que o extratos alcoólicos das folhas foram eficazes no tratamento de enfermidades cutâneas como eczemas, psoríase, micose, dermatite e lepra em estado inicial.

Flores

Contêm nimbosterol e flavonóides e também produzem material ceroso e ácidos graxos, como beênico (0,7%), araquídico (0,7%), esteárico (8,2%), palmítico (13,6%), oleico (6,5%) e linoleico (8,0%).

 

 

 

Pólen

Contém vários aminoácidos, como o ácido glutâmico, tirosina, arginina, metionina, fenilalanina, isoleucina e ácido aminocapróico.

Casca

Contém taninos – polifenóis que protegem as plantas de ataques de animais herbívoros ou de micro-organismos patogênicos – (12-16%) e não-tanino (8-11%) e também polissacarídeos anti-inflamatório – este é constituído por glicose, frutose e arabinose. O tanino faz um grande bem à saúde e está presente no vinho, por exemplo e isso porque ele reforça as paredes arteriais, prevenindo o entupimento das veias, além de reduzir o colesterol ruim e retardar o envelhecimento celular

O cerne da casca de neem contém cálcio, potássio e sais de ferro.

Madeira

Contém celulose, hemicelulose (14%) e lenhina (14,63%).

Seiva

Contém açúcares livres (glucose, frutose, manose e xilose), aminoácidos (alanina, ácido aminobutírico, arginina, asparagina, ácido aspártico, glicina, norvalina, pralina, etc) e ácidos orgânicos (ácido cítrico, malônico, succínico e fumárico). A seiva do neem também é útil no tratamento de fraqueza e de doenças de pele.

Semente

Possuem elevado teor de lipídios e um grande número de princípios amargos em quantidades consideráveis. O

principal elemento descoberto até agora nas sementes de Neem é a azadiractina, que é eficácia no combate a 200 espécies de insetos. É da semente que extraímos o famoso óleo de Neem, tão procurado por seu poder contra pulgas e carrapatos, por exemplo. Mas, as análises químicas do óleo de Neem já demostraram outros poderes terapêuticos em diferentes compostos:

 


Azadirachtina - já demonstrou enorme poder repelente contra inúmeros insetos.
Neembin - tem poder anti-inflamatório, anti-pirético, anti-histamínico e antifungíco.
Nimbidim - possui atividade analgésica e antipirética eficaz no tratamento de sarna e úlcera gastroduodenal crônica. Além de enorme poder bactericida, viricida e antifúngico.
Neembidol - enorme poder  anti-protozoário.
Sodium Neembinate - poder diurético e anti-reumático.
GeduNeem - ação repelente eficaz contra o mosquito da malárico e antifúngico
SalanNeem - enorme ação repelente
Quercetin - ação antioxidante, anti-inflamatório e poder contra protozoários e bactérias
Neembenine, DesacetylNeembinase, Neembandiol, Neembolide - atuam em infecções por parasitas da pele que são inibidores da coagulação do sangue

O Neem tem se provado ser eficaz contra alguns fungos, bactérias e vírus que afetam o corpo humano

São exemplos de fungos combatidos pelo Neem:

  • Trichophyto – pé-de-atleta que infecta a pele e as unhas;
  • Epidermophyton – uma micose que infecta o cabelo, a pele e as unhas dos pés;
  • Trichosporon – um fungo do canal intestinal;
  • Mycrosporum – uma micose que infecta o cabelo, a pele e as unhas;
  • Geotrichum – um fungo espumante que causa infecção nos brônquios, pulmões e membranas das mucosas;
  • Candida – um fungo que é parte da flora normal da mucosa, mas que pode ficar fora de controle e provocar lesões na boca, na vagina e nos pulmões.

O óleo de Neem tem eliminado várias espécies de bactérias patogênicas:

  • Staphylococus aureus – é uma fonte comum de intoxicação alimentar causadora de desarranjos;
  • Salmonella typhosa – bactéria muito temida que vive na comida e na água causando  uma variedade de infecções que causam inflamação intestinal.

 

A atividade viricida do Neem tem alta eficácia, particularmente contra doenças caracterizadas por erupções, friccionando-a na área afetada. O Neem tem constituído um preventivo muito eficiente contra vírus!

 

A linha Natural Care da Openeem, que faz parte da Preserva Mundi, apresenta Folhas de Neem, Pó de Neem, Extrato Oleoso de Neem e o Óleo Puro de Neem. Mas, lembrando que, NÃO recomendamos receitas ou misturas para uso pessoal ou nos pets sem orientação da marca fabricante ou por um profissional da saúde! O Blog tem mera intenção de fornecer conhecimentos sobre os poderes terapêuticos do Neem.

A linha da Preserva Mundi foi especialmente desenvolvida por químicos e veterinários para extrair o que há de melhor em cada parte da plantas para oferecer um produto de qualidade, seguro e com eficácia para seu Pet! 

 

Se a Preserva Mundi não faz testes em animais, por favor, não faça testes no seu próprio pet!

Até o próximo post!

 

 

Fonte: www.neemfoundation.org

Para maiores informações, acesso o Drive e tenha acesso a diversos estudos e artigos científicos: clique aqui.

Cães

Giárdia em cães: O problema é maior do que imaginamos!

A cada dia que se passa o cuidado com o bem-estar e saúde de nossos pets passam a ficar mais presente em nossas vidas. O advento dessa atenção também vem a nos favorecer, uma vez que nossos animais podem apresentar alguma doença de potencial zoonótico.

 

Quando falamos de zoonose é importante não perder de vista um pequeno parasita que é tão comum em certas regiões do Brasil, mas que pode estar acometendo todos integrantes de nossas casas: a giárdia.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS) a giardíase acomete mais de 200 milhões de pessoas todos os anos e no Brasil, 6 de cada 10 cães acabam infectados.

 

Mas como a giárdia afeta nossos queridos pets? O principal sinal clínico do animal acometido com esse protozoário é a diarreia. O problema é que animais que possuem reincidência podem desenvolver a síndrome da má absorção, patologia que traz consequências no estado nutricional de nossos amigos peludos!

 

E a pergunta que não quer calar: o que fazer diante de uma enfermidade tão prevalente? Hoje em dia há uma gama de tratamentos para a giárdia, muitas vezes através de propriedades químicas e citotóxicas. Mas a melhor solução para esse problema tão comum em nosso país, sem dúvidas, é a prevenção.

 

Para prevenção é indicado tomar cuidado com a água ingerida e com o destino dos dejetos de nossos animais. Ainda não pareceu tão simples assim, não é mesmo?

 

 

Quando falamos de parasitologia é sempre importante a imunidade do animal estar em dia, justamente o objetivo maior da homeopatia, através do FortSigo que traz o animal para seu equilíbrio, para a saúde. Por isso, a homeopatia é uma ótima prevenção para nossos animais em áreas endêmicas, uma vez que diminui a carga parasitária de maneira natural, sem efeitos colaterais e melhorando a saúde do pet como um todo!

 

 

 

 

Para a prevenção assertiva da giardíase o VermSigo é um produto homeopático que além de ter prevenir, em casos agudos é tratamento eficaz!

 

 

A prevenção é nossa maior arma contra esse parasita tão comum e inconveniente. Antes que nossos animais fiquem doentes, vamos tratá-los para que eles possam evitar tal mal que pode acometer nossa casa inteira!

Cão é carnívoro?
Cães

Cachorro é ou não é carnívoro?

Se você dá uma ração que contenha milho, trigo ou soja é melhor você ler esse artigo, você pode estar  fazendo mal pro seu cachorro.

Uma dúvida muito comum é: os cães são carnívoros ou onívoros?

Carnívoros se alimentam de alimentos de origem animal, já os onívoros de alimentos de origem animal e vegetal.

Vamos lá, você pegou o pacote de ração do seu cachorro, a ração recomendada pelo seu médico veterinário, e você encontra nos ingredientes alimentos como milho, trigo e soja… aí você se lembra de leões, lobos e ursos e você sabe que eles não comem isso..

E aí você fica pensando que o seu cachorro não é carnívoro! Mas a ciência diz o contrário.

A teoria da evolução afirma que eles nunca deixaram de ser carnívoros.

Nesse vídeo eu explico o que a ciência tem a dizer sobre o modo correto de alimentar os nossos amiguinhos de 4 patas!

Adestramento e Comportamento, Cães

Associação Positiva em cães

A Associação Positiva faz parte de uma das estratégias do treino positivo, e nada mais é do que tentar associar algo bom a uma situação que seu animal não goste muito, diminuindo assim o seu desconforto.

Já parou para pensar que fazemos nossos cães passarem por muitas situações que causam medo ou desconforto? Banho por exemplo não é algo natural na vida dos cães, isso é coisa dos humanos. Por isso a grande maioria não gosta de tomar banho. E cortar unha, limpar as orelhas, barulho de fogos, campainha são tantas as situações que podem ser incomodas a eles.

Sabendo disso, porque não fazer algo positivo para tornar esses momentos o menos desagradáveis possível? Que tal um treino com um brinquedo recheável enquanto escuta os barulhos de fogos bem baixinho? Você pode fazer esse treino e ir elevando o volume aos poucos sempre respeitando o nível de tolerância aos ruídos.

 

 

E a hora do banho? Porque não colocar um tapete de lamber preso ao box enquanto ensaboa ele? Garanto que será bem menos traumático e ele não irá mais fugir.

 

 

Para dar remédios e passar sprays então, é só ver o frasco e já saem correndo né? Também podemos mudar isso. Que tal colocar o comprimido dentro de um petisco macio? Ou dar algo gostoso enquanto aplica o spray? Nada de usar a força, pois assim só associamos que toda vez que você vier com um comprimido algo ruim acontece.

 

 

Claro que para aqueles que já tem a fobia instalada, o treino precisa ser mais minucioso e vai requerer a ajuda de um profissional que trabalhe com a metodologia positiva. Para aqueles que tem um medo leve, verá que será bem tranquilo já na primeira tentativa.

Jamais use punições, isso só faz mascarar o problema e não trabalha o sentimento por trás da questão. Na metodologia positiva trabalhamos as emoções do cão fazendo com que ele consiga lidar melhor com a situação.

 

Gostou? Então vamos aos treinos! Se quiser mais dicas, pode nos seguir no Instagram do @mundobull

Até a próxima.

Cães

Depressão em Cães

Os cães não experienciam a depressão da mesma forma que nós humanos, mas eles podem ter mudanças de humor que se parecem muito com depressão.

Esse problema vem aumentado dentro das clínicas veterinárias, inclusive com cães recebendo medicamentos psiquiátricos. Entretanto, essa medida é para casos mais graves e você pode tomar medidas simples para evitar que seu cão entre nesse quadro, permaneça nesse quadro ou tenha que tomar esse tipo de medicação.

Eles podem sofrer com a morte de um familiar humano ou de 4 patas, sofrer quando acabam as férias e as crianças voltam para a escola, podem sofrer também pela chegada de um novo bichinho na família que o faz se sentir deixado de lado, etc.

Existem outras causas para esse problema e você vai aprender mais sobre elas nesse relevante vídeo sobre depressão em cães.

Nesse link vocês encontram produtos naturais disponíveis para ajudar seu cãozinho a melhorar essa condição.

Até o próximo post.

Cães

Dicas para manter seu pet calmo no fim de ano

As festas de Fim de Ano são uma alegria para os humanos, mas podem ser um pesadelo para os pets!

Ainda há humanos que soltam os famosos fogos de artifício que fazem barulho e por conta do som alto os pets podem ficar agitados e acabarem se machucando e em alguns casos por causa do susto podem até fugir!

Nós da Zen Animal trouxemos algumas opções de produtos que podem ajudar nesse fim de Ano para que seu pet possa curtir as festas de uma maneira mais Zen!

Continue lendo “Dicas para manter seu pet calmo no fim de ano”